Blog

Sexta, 05 Junho 2020 20:09

Aprender a tolerar a frustração

Escrito por
Avalie este item
(355 votos)

A vida de qualquer pessoa não é perfeita nem totalmente controlável. Ao contrário, está repleta de situações que podem nos afastar das nossas expectativas. Quando algo não ocorre da forma como esperamos, muitas vezes acabamos estagnados no papel de vítima.

Aprender a aceitar e administrar os acontecimentos da vida, sejam eles agradáveis ou não, esperados ou inesperados, faz parte de todo nosso processo maturacional. Ou seja, faz parte do nosso desenvolvimento a partir das experiências vividas ao longo da vida.  Quando isso não ocorre, crescemos com uma baixa tolerância à frustração, o que pode gerar muito sofrimento nas pessoas. 

Ensinar as crianças desde cedo a tolerar a frustração é uma das tarefas mais difíceis e complicadas no momento de educar, mas é muito necessária. Quando os pais não negam absolutamente nada a seus filhos durante a infância, acaba impedindo que ele desenvolva essa capacidade. Alguns pais impedem que seus filhos sintam qualquer dor, decepção ou incomodo, superprotegendo e resolvendo  ou antecipando cada necessidade e desejos das crianças. Essas atitudes são atos de boa intenção e de um pensamento amoroso, porém, é necessário enfrentar a frustração na infância para aprender a tolerá-la. Ter sido crianças superprotegidas na infância, não nos condena a passar o resto da vida sofrendo por não saber administrar nossas frustrações. Em todo momento temos a opção de decidir modificar nosso comportamento e trabalhar nossa área mais vulnerável. Dessa forma, quando você sentir que é difícil enfrentar as adversidades e que para você elas mais parecem algo injusto, sentindo-se mal quando seus desejos não se cumprem, lembre-se que pode mudar.

Ler 3413 vezes Última modificação em Sexta, 26 Junho 2020 14:34
Andréa Gonçalves

Dra. Andréa Gonçalves

(Graduada em Psicologia e Doutora em Ciências da Educação) - CRP nº. 11.428